Como começar uma Iniciativa

Começar uma iniciativa de transição é começar a fazer a Transição em grupo. Quando começamos a mudar começamos por aprender que é necessário mudar, depois queremos aprender como se muda, depois começamos a mudar e depois queremos mudar com mais alguém. Para mudar mais, para crescer mais, para ir mais longe e para manter a nossa nova forma de estar e transforma-la em cultura. E ir mais longe por um mundo melhor na nossa comunidade.

Para começar uma iniciativa existem

  • os “Ingredientes” que se podem e devem usar (Podes saber sobre este ingredientes no link dos ingredientes).
  • os “7 Mas” não temos isto e aquilo
  • os 12 Passos
  • os critérios
  • o processo formal

O primeiro passo é ler o documento Transition Initiatives Primer – Portuguese (em português) que está actualmente em revisão mas pode ser acedido no seguinte link: http://www.transitionnetwork.org/node/10714

O processo formal de adesão à Transition Network pode ser lido no seu site em inglês e o registo só pode ainda ser feito em inglês… http://www.transitionnetwork.org/support/becoming-official

Em Portugal recomendamos que todas as iniciativas se inscrevam também no site da Rede Convergir (http://redeconvergir.net). Esta rede converge os projectos de Permacultura, Transição, Educação, etc. que são inspiradores e tem um calendário com os eventos de todos para potenciar a cooperação no movimento.

O mais importante é começar e para tal uma sugestão é:

  • Aprender com os recursos da Transição e Permacultura (ler o primer, os livros, os filmes Transition 1 e 2, frequentar os cursos de transição, permacultura, etc,)
  • Abrir o coração (deixar ir a vontade de melhorar o mundo todo e estar em todo o lado e deixar vir a sua nova forma de estar e relacionar-se integralmente com as pessoas da sua comunidade)
  • Ganhar coragem (seja verdadeiro consigo e com os seus companheiros da transição. A vossa acção deve fazer total sentido para vocês. Assim será um sonho)
  • Prototipar (não comecem logo com planos gigantescos para 5 ou 10 anos com um grupo que acabaram de criar. Prototipar significa experimentar. Ver se funciona. Se não funcionar mudar o que é preciso para que funcione)
  • Integrar a nova cultura (Se o protótipo funcionou é tempo de integrar essa mudança no grupo e na comunidade e não começar logo a experimentar um novo protótipo ou uma nova ideia)